Buscar
  • Eloah

19-

Atualizado: Fev 14














Cerca de uma em cada três pessoas com mais de 65 anos sofre de depressão. E estima-se que mais de 70% no Brasil não é examinada e tratada adequadamente.

Uma razão para isso é que Os sintomas da depressão não são reconhecidos como tal, mas são vistos como parte do processo normal de envelhecimento.

Se uma pessoa de 70 anos perde o interesse por seus hobbies, ou se afasta dos membros da família ou dos amigos, muitas vezes se diz que isso faz parte do envelhecimento. As pessoas à sua volta não pensam que este pode ser um sintoma de depressão.

E, se esta depressão não for adequadamente tratada, pode se tornar crônica.

É difícil diferenciar a depressão etária do início da demência - os sintomas às vezes são muito semelhantes. Muitas vezes uma piora da memória, não significa um início de demência senil, mas um início de um quadro depressivo, no qual o desinteresse pelo entorno é apenas um dos sintomas.

Existem muitas causas para o desencadeamento dessa depressão. Algumas doenças metabólicas ou mesmo Parkinson, carência de vit. B12, ácido fólico, etc.... Mas principalmente, causas puramente emocionais, como falta de socialização e interação com novas pessoas.

Em todos os casos, o acompanhamento de um profissional qualificado, com quem o idoso possa se abrir é essencial para que haja um diagnóstico correto e uma regressão do quadro.

Graças à terapia, o corpo responde com longevidade saudável e a alegria vai retornando seguramente.

Eloah Mestieri- Psicanalista clínica SP- Especializada no adulto 60+.

psieloahmestieri@gmail.com

0 visualização