Buscar
  • Eloah

11-

Atualizado: Jan 10



"Eles aprenderam que o sexo não tem a ver com o desempenho máximo, mas sim com empatia e prazer"

O sexo para os mais velhos tem sido um assunto tabu. Porém, luxúria e erotismo não são privilégios da juventude. Pelo contrário, existem muitos aspectos que tornam a sexualidade madura melhor e mais gratificante, diz a especialista em casais Andrea Micus. Ela explica como pode ser agradável a vida amorosa nesta fase da vida.

O amor físico não apenas proporciona união íntima e alegria de viver. "É o potencial antienvelhecimento do nosso corpo", diz Micus. Muitos dos mais de 60 anos teriam reconhecido isso há muito tempo.

Essa autoconfiança é típica da geração de mais de 60 anos. "Eles aprenderam que o sexo não tem a ver com o desempenho máximo, mas sim com empatia e prazer", diz Micus. Esse é o cartão de triunfo que os idosos puxam na cama. Isso poderia compensar facilmente as ruguinhas e a aparência mais madura.

Sexo tem potencial antienvelhecimento

O que Micus também descobriu no decorrer de suas pesquisas: as pessoas mais velhas são honestas em sexo. Eles não fingem mais o parceiro e, apenas por isso, raramente praticam práticas sexuais com as quais realmente não se importam. Então, a geração 60< 70+, tem o melhor sexo da vida?

"No que diz respeito às condições de vida, este é um sim definitivo", diz Micus.

41 visualizações